Blogger Template by Blogcrowds

Oscilações de Mim

Quero ser eu
Sei que posso
Sei que sou.

É inevitável se ser
Assim como é inevitável descontrolar-se.

Então me descontrolo!

E, às vezes, me finjo
Me tinjo de máscaras cor de medo
Não sou mais eu
Mas se ser é inevitável
E volto a mim.

11 comentários:

Todo mundo oscila, mas uma hora volta a "se ser" de novo.

"Se ser é inevitável"
Nunca tinha pensado assim...que bonito! =D

Já tava com saudades =****

7 de fevereiro de 2008 15:11  

poeta...poeta... e poeta!!!

só falta se assumir como redator publicitário aqui nesse blog (eu sei, sou enxerida =] )

bjossssssss

7 de fevereiro de 2008 19:13  

Já tava achando que tinha se acabado no carnaval e tinha esquecido os leitores... xD


Mas pra minha felicidade, VOLTOU!
E como cada vez mais talento!


Lindo... Adoooorei!

7 de fevereiro de 2008 20:09  

perfeito... poético... lindo

seja você... sempre
que assim vc vai conquistando

amutu
=***

7 de fevereiro de 2008 20:22  

que munito :)
voltar a "se ser" é voltar a ser o que tava sendo e é =p
complicando....


=*

7 de fevereiro de 2008 20:24  

"Se ser" é inevitável!

Somos/criamos nossos personagens todos os dias!

Mas nesse elenco imensurável, o eu está sempre presente. Sempre desmascarando o falso-eu.

Não sei se essa é a leitura certa, mas é a minha! Então fu...♣○☺7◘$J☺23

8 de fevereiro de 2008 16:15  

gostei.


=D

8 de fevereiro de 2008 16:31  

=D


OHHHH!

Gostei realmente do poema

8 de fevereiro de 2008 16:33  

se ser é coisa mto difícil, rapaz!
dá um trabalho danado pra descobrir quem se é e depois tome coragem pra se ser de verdade. pense!

8 de fevereiro de 2008 19:24  

Parece com a música do Jared Leto..
Sendo que melhor!

8 de fevereiro de 2008 19:56  

é inevitável se ser, né?

10 de fevereiro de 2008 09:53  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial